«

»

maio 05 2012

“A Menina do Vale” curte Queen

Alguns dias atrás recebi um email da Boo-Box (programa de afiliados que eu já usei aqui no blog) oferecendo gratuitamente o download de um livro chamado “A Menina do Vale”.
Não dei muita importância para o email.

Mais alguns dias e eu encontro um post numa comunidade do Orkut indicando o mesmo livro. O post foi criado por um cara bastante conceituado da na comunidade. Como este cara dava seu aval e, digamos, ele tem certa moral na comunidade, resolvi baixar o livro.

Como sempre faço, peguei o PDF e mandei imprimir em formato livreto, 2 páginas por folha e frente-e-verso. Sim, menos papel gente. Olha o consumo exagerado!!!! Só não leio na tela do PC porque não consigo. Além do mais, eu gosto de rabiscar o texto quando leio.

Bom, iniciei a leitura. Apesar de o livro ter pouco mais de 80 páginas eu não li tudo de uma só vez. Sou péssimo leitor. Infelizmente.

O livro, escrito por Bel Pesce, uma “menina” de 24 anos que estudou no MIT e já passou por empresas como Microsoft e Google, fala de empreendedorismo. Se eu tivesse que usar uma palavra para definir a autora e outra para definir o livro, usaria: inspiradora e encorajador.

Estava tentando achar no texto um motivo para falar do livro aqui no Musicopéia. Eis que chego ao capítulo 14 e leio: “A música Don’t Stop Me Now, do Queen, me faz sentir coisas incríveis toda vez que a escuto“. Ali estava a conexão entre este blog que fala de música e um livro que fala de empreendedorismo, uma “desculpa” pra eu falar do livro inteiro.

Eu já postei “Don’t Stop Me Now” aqui no blog por causa do comercial da Lacta 100 anos. Ouça, preste atenção à letra e entenda porquê ela gosta.

Me identifiquei no mesmo capítulo também com a outra coisa que também me inspira e todos aqui sabem: uma propaganda. Para escrever aqui não faz sentido se não tiver alguma ligação com alguma música. Mas, para a minha vida, muitas outras propaganda servem de inspiração ou simplesmente uma curtição: eu acho a série de comerciais da Topper fantástica. É um tipo de humor que eu curto.

Conheça Bel Pesce

Baixe o livro e LEIA! Vale a pena mesmo: http://www.ameninadovale.com/

Citações do livro por capítulo:

01 – Não se preocupe com a sua idade

Se você realmente sonha em empreender, a sua idade não importa. O que importa é ser
extremamente apaixonado por solucionar problemas e melhorar as vidas das pessoas, e estar disposto a trabalhar arduamente para fazer as coisas acontecerem.

02 – Descubra quem te inspira e por quê

Ao longo da sua vida, ter a quem admirar ajuda a se manter focado nas conquistas
que realmente importam.

Pessoas que admiro me ajudam a ver que posso e devo sonhar alto. Ao entender o que eu admiro nelas, eu acabo conhecendo-me muito melhor e entendendo o que realmente importa para mim.

03 – Leituras que valem a pena

Construir uma empresa é como andar em uma montanha-russa: há muitos altos e baixos. Ter uma estrutura que o oriente e chame a atenção para as coisas certas pode ser extremamente valioso.

Muitas empresas foram fundadas com um produto em mente que era completamente
diferente do produto que acabou sendo construído.

errar não tem problema, desde que gere um conhecimento que pode ser aplicado
para melhorar a companhia e acelerá-la na direção positiva.

04 – Compartilhe as suas dificuldades

você precisa ser verdadeiro consigo mesmo e estar ciente das questões que enfrenta e das decisões que precisa tomar

Ao lidar com problemas, é crucial compreender como eles foram originados

05 – Seja sempre humilde

Ser humilde significa ser honesto consigo mesmo. É ser consciente de que você sempre pode melhorar, e tentar tirar o máximo proveito de cada uma de suas experiências.

E se você tiver uma mente-aberta e uma curiosidade ardente, você pode aprender com cada conversa.

14 – Pequenas coisas que fazem a diferença

No meu caso, essas coisas incluem uma canção, uma propaganda e um pensamento.
A música Don’t Stop Me Now, do Queen, me faz sentir coisas incríveis toda vez que a escuto. Não só me traz uma completa paz de espírito, mas, ao mesmo tempo, me faz
acreditar que eu posso me mover na velocidade da luz.


Related Posts:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>